terça-feira, 16 de janeiro de 2018

BRINQUEDOS DOS ANOS 60 - COLEÇÃO DISQUINHOS DA GRAVADORA CONTINENTAL


TÁ LEMBRADO!!!


Nas Bancas dos Anos 60


Lançado em 1960 pela Gravadora Continental

    “Coleção Disquinho” da gravadora Continental. Eram disquinhos de vinil, super compactos, super coloridos e com estorinhas super maneiras baseadas nos contos de fada, fábulas, cultura popular, cantigas de roda e festas típicas. A meninada se deixava seduzir por todas aquelas estórias, especialmente, com o tom colorido dos tais disquinhos. Tinha de toda cor: verde, amarelo, roxo, azul, vermelho, rosa, azul claro... Um charme! Essa coleção fez parte da fantasia de muitas gerações de brasileirinhos e    brasileirinhas...





     As estorinhas e canções eram interpretadas por atores de rádio-teatro do Rio de Janeiro. E cada disquinho possuía uma ficha técnica de causar inveja... Já imaginaram um compacto simples com canções do Braguinha, arranjos de Radamés Gnatalli e personagens interpretados por vozes melodiosas dos atores/atrizes da era do rádio? Um verdadeiro tesouro da nossa infância!

CLIQUE AQUI para mais informações e relembrar
5 historinhas que selecionamos para você matar a saudade !!! 


A Bela Adormecida




O Soldadinho de Chumbo




A Cigarra e a Formiga




O Macaco e a Velha





O Patinho Feio




O formato de compacto simples e apresenta-se super colorido, encantando a meninada dos anos 60 até o início dos anos 80. Nesse período, Braguinha dividiu espaço na produção dos disquinhos com as amigas Elza e Silvia Helena Fiúza. Foram ao todo 70 lançamentos, entre contos de fada, fábulas, estórias da Disney, cantigas de ninar, de roda, de natal, entre tantas outras... A narração das estórias era feita, na maioria das vezes, por Sonia Barreto e as personagens, falas e cantigas, ao longo da década, foram interpretadas pelo Teatrinho Disquinho. Essa coleção foi um verdadeiro marco de produção e de qualidade musical direcionada às crianças. Algo inovador e totalmente pioneiro para época. Foram mais de 5 milhões de cópias vendidas entre o início dos anos 60 e o início dos anos 80.


Lançamentos dos anos 60:
 A Formiguinha e A Neve (1960), História da Baratinha (1960), Festa no Céu (1960), A Cigarra e a Formiga (1960), O Soldadinho de Chumbo (1960), O Chapeuzinho Vermelho (1960), A Gata Borralheira (1960), A Gata Borralheira (1960), Pedro e O Lobo (1960), Branca De Neve e Os 7 Anões (1960), Pinochio (1960), O Patinho Feio (1960), Cantigas De Roda 1 (1960), Cantigas De Natal (1960), Cantigas De Ninar (1960), Os 3 Porquinhos (1961), O Macaco e A Velha (1961), O Rouxinol do Imperador (1961), Os 4 Heróis (1961), João e Maria (1961), O Leão Cantor (1961), A Bela Adormecida (1962), Cantigas de Roda 2 (1962), A Moura Torta (1962), 6 Fábulas de Esopo (1962), 2 Fábulas de La Fontaine (1963), A Goela do Inferno (1963), O Velho, O Garoto e O Burro (1963), O Gato de Botas (1963), Viva São João (1963), Festival Infantil 1 (1963), Festival Infantil 2 (1963), A Bela e A Fera (1964), Alice no País das Maravilhas (1964), O Veado e A Onça (1964), A Roupa Nova do Rei (1965), O Lobo e Os 3 Cabritinhos / O Cabra-Cabrez (1966), Ali Babá (1967), Dona Galinha e Seus Pintinhos / O Burrinho Trólóló (1968), História Do Brasil - Vol.1 (1968), A Estrelinha Azul (1968), O Macaquinho Travesso / A Galinha Ruiva (1968), O Festival da Primavera (Aventuras Do Aracuã) (1969).




CLIQUE AQUI para ir para a página inicial do
FRED CUNHA NEWS