sexta-feira, 10 de agosto de 2018

MÁQUINA DO TEMPO - BRINQUEDOS DOS ANOS 70 - JOGOS


TÁ LEMBRADO !!!
Jogos dos Anos 70
PULA PIRATA - FOGO CRUZADO - CAI-NÃO-CAI - ABRE-TE SÉSAMO - PEGA PEGA  - FUGA MALUCA




FUGA MALUCA
Lançado nos anos 70 pela Mimo 


     Foi um dos sucessos da marca na época. 

    O brinquedo era uma simulação de perseguição entre dois carros (polícia e bandido), que eram movidos a pilha, numa pista, que em alguns pontos tinha desvios que mudavam a direção dos carrinhos. 







     O objetivo do jogo era encurralar o outro ou bater na sua lateral.


CLIQUE AQUI para mais informações e fotos de outros jogos que
lançados nos Anos 70.





PEGA PEGA TROL
Lançado no ano de 1970

     Quem se lembra desse jogo produzido pela Trol, no início dos anos 70? Era lindão mas caro...

     O Pega Pega Trol é uma perseguição entre dois calhambeques numa pista cheia de curvas e desvios, semelhantes aos usados para trens. Um dos jogadores despista o outro acionando os desvios e fazendo o carrinho do adversário mudar de pista.


    Ganha o jogo quem pegar (bater) o adversário. 
O brinquedo é muito bem bolado pois os carrinhos, encaixes das pistas e desvios são bem projetados. A montagem e desmontagem é muito rápida. Diversão garantida.






ABRE-TE SÉSAMO
Lançado nos anos 70 pela Estrela


"Abre-te Sésamo!", a frase mágica da estória de Ali Babá dá nome a este emocionante jogo de busca ao tesouro. A porta da caverna, na base do "vulcão encantado", se abre e alguém - talvez você - ganha um monte de pedras preciosas. Consiga mais pedras preciosas que os demais e seja o vencedor.


Indicações:
- Idade indicada: 8 anos
- Numero participantes: 2 a 4

Conteúdo: 
- um " vulcão encantado";
- 40 pedras preciosas;
- 4 bolinhas (de vidro) de cores diferentes;
- 1 roleta; 






CAI-NÃO-CAI
Lançado em agosto de 1976 pela Estrela


   O jogo é composto de um tubo de acrílico amarelo que é encaixado em uma base, também de acrílico, com um furo no final, onde se encaixa a base. No meio do tubo há diversos furos, onde são colocadas as varetas.
    Depois de colocadas as varetas, são colocadas as bolinhas de gude, que ficam presas pelo emaranhado de varetas.




     Pode ser jogado por 2 a 4 jogadores.
     Os jogadores vão retirando as varetas uma de cada vez, tentando evitar que as bolinhas caiam no fundo do tubo. Quem derrubar uma bolinha fica com ela até o final do jogo.
    O objetivo do jogo é retirar todas as varetas do tubo, ficando com o menor número de bolinhas.






Cai-não-cai é um jogo fabricado pela Estrela até os dias atuais.
2013





FOGO CRUZADO
Lançado em 1975 pela Estrela.
 
   
       Era um campo de madeira com um gol de cada lado. 

     Era composto por dois revólveres que disparava bolinhas de ferro, duas bolinhas maiores com aros na cor vermelha e azul.


     Cada jogador escolhia uma cor, e tinham como objetivo empurrar a bolinha maior da cor escolhia para dentro do gol do seu adversário, bem como ao mesmo tempo defender seu gol para que seu adiversário não emburrasse a bolinha maior com aro que ele escolheu , para dentro do seu gol. 

     Era um jogo muito legal, eletrizante !!! Pois afinal você tinha que se defender e atacar ao mesmo tempo !!!





PULA PIRATA
Lançado no Brasil em 1978 pela Estrela.

     Pula Pirata é um jogo fabricado pela Estrela lançado em junho de 1978 e é um dos poucos dessa época que ainda se encontra em produção.

     O jogo é composto de uma espécie de barril - com furos nas laterais e com um orifício na parte superior onde é colocado uma miniatura de pirata- e de espadas de plástico.

     Os furos das laterais são utilizados pelos jogadores que vão colocando as espadas nos furos.

     O objetivo do jogo é não deixar o pirata pular para fora do barril. Caso o jogador, ao colocar a espada no furo, ocasionar o salto do pirata para fora do barril, o mesmo será eliminado do jogo e a rodada é reiniciada. O jogo prossegue até que sobre um único jogador que não tenha deixado o pirata pular para fora do barril.

     O jogo, embora simples, se manteve como um dos mais vendidos da Estrela, sendo, na época, um dos mais vendidos no Dia das Crianças e no Natal. Por isso, ele é fabricado até os dias atuais.

Críticas:
     O jogo, apesar do relativo sucesso, é criticado pelo fato das crianças terem uma atitude passiva no jogo, não envolvendo nenhuma estratégia ou habilidade por parte do jogador. A diversão no jogo se dá no susto que a criança leva no momento em que o pirata "pula" do barril.






CLIQUE AQUI para voltar à página inicial do
FRED CUNHA NEWS