segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

HISTÓRIAS DA FAI - EM 2017 COMPLETA 46 ANOS DE HISTÓRIA






     FAI, completa no ano de 2017, 46 anos de história com base no pioneirismo e na inovação.

   Foram verdadeiros desbravadores aqueles que acreditaram na materialização de um sonho coletivo, que transformaria o futuro do povo e do lugar. Tudo teve início em 1968. O espírito de vanguarda do professor Francisco Ribeiro de Magalhães encontrou acolhida junto ao Monsenhor José Carneiro Pinto e ao advogado Antônio Teixeira dos Santos, que se aliaram a um grupo de santa-ritenses obstinados pelo desenvolvimento da cidade.


CLIQUE AQUI para ler mais da
HISTÓRIAS DA FAI - 46 ANOS DE HISTÓRIA 


     E a partir daí um trabalho árduo nos bastidores se deu para criação da Escola de Administração que passou a funcionar em 1971. Estava criado o primeiro curso de Administração do sul de Minas.

     Era necessário ampliar os horizontes. Santa Rita estava em fase de crescimento buscando sua vocação. Nascia em 1978, o curso de Tecnologia em Processamento de Dados (hoje Sistemas de Informação), o segundo curso de Informática do Estado e um dos doze primeiros do País. Com a inserção do novo curso, em 1982, a Instituição passou a ser denominada de FAI - Faculdade de Administração e Informática.

    Novos tempos. Novas demandas. Em 2002, foi criado o curso Normal Superior (hoje Pedagogia); em 2013, o curso de Engenharia de Produção e em 2015, o curso de Ciências Contábeis, que iniciou a primeira turma este ano. Com a ampliação de novos cursos, em 2010, recebeu nova nomenclatura: FAI - Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação, mantendo a sigla FAI, uma marca significativa e forte na região.  

  À frente da Instituição, estiveram gestores abnegados e empreendedores: Ramón Villar Paisal (1971 a 1982); Paulo Capistrano Alckmin (1982 a 1986); Benedito Márcio Barbosa Magalhães (1987 a 1995); José Cláudio Pereira (1996 a 2002); Aldo Ambrósio Morelli (2003 a 2010); José Cláudio Pereira (2011 a 2014). Atualmente dirigem a Faculdade, o professor José Cláudio Pereira, que está na sua quarta gestão como diretor, tendo como vice a professora Silvana Lima, que foi reconduzida ao cargo.

    Quarenta e seis anos se passaram. E a FAI evoluiu. Hoje são cinco cursos de graduação, doze de pós-graduação, mil e duzentos alunos, noventa professores, cinquenta funcionários e mais de três mil profissionais formados pela Faculdade, contribuindo para o desenvolvimento do APL Eletroeletrônico de Santa Rita do Sapucaí, do Estado e do Brasil.

     A FAI cresceu, mas a sua essência permanece viva representada por aqueles que fizeram e fazem parte da sua história.







Um comentário:

  1. Agnaldo Rodrigues da Silva Júnior9 de janeiro de 2017 03:08

    Fiz parte dessa história entre 1982 e 1986, como aluno e colaborador. Sinto orgulho em ver que a FAI evoluiu muito nos últimos 30 anos, desde que por aí passei.

    ResponderExcluir