quarta-feira, 22 de junho de 2016

HISTÓRIA DO ESCOTISMO EM SANTA RITA DO SAPUCAÍ





Como surgiu o Movimento Escoteiro em Santa Rita do Sapucaí?

No final dos anos 50, mais precisamente em 1958, o Sargento Antônio Cunha – Chefe Cunha, esteve em Santa Rita do Sapucaí para ministrar uma palestra sobre o Escotismo, dando início as articulações para se criar o primeiro Grupo Escoteiro de nossa cidade.

Um funcionário do Banco Nacional de Santa Rita do Sapucaí o Senhor Saul Coelho, o qual fazia parte do Movimento Escoteiro na cidade de Belo Horizonte, foi escolhido como Presidente do Grupo, tendo como Escotistas o Senhor Plínio de Souza Garcia e Lázaro M. Dias, apoiados por um conselho composto por diversas personalidades da época, dos quais: Dona Sinhá Moreira, Pe. José carneiro, Dr Mário Brandão, Dr Delfim Rennó Moreira e outros, conforme matéria publicada no Jornal Correio do Sul, edição de 31 de agosto de 1958.


1. O Primeiro Grupo Escoteiro – G.E. 008º Duque de Caxias

Em 1958, com o apoio de alguns santarritenses, foi fundado o Grupo Escoteiro 008º Duque de Caxias, o qual durou até o início dos anos 60, quando foi extinto por motivos desconhecidos.

O G.E. Duques de Caxias, segundo o Senhor Plínio Garcia, tinha um efetivo de aproximadamente 40 (quarenta) integrantes, dos quais: Dr Luiz Donato (médico), Luiz Carlos (fotógrafo), Rodoval (arquiteto), Carlet (comerciante), Vanil ( Militar ) e muitos outros.


2. O Segundo Grupo Escoteiro – G.E. 32º ASA

“ No início dos Anos 70, existia em Santa Rita do Sapucaí a Associação Santarritense de Atlétismo (ASA), organização que promovia atividades esportivas com jovens, sendo o Senhor Carlos José Ribeiro o seu presidente.

Na cidade de Pouso Alegre o Movimento Escoteiro era forte e, devido a amizade que existia entre o Chefe José Amâncio e o Presidente da ASA, surgiu ideia de se trazer o Movimento Escoteiro para Santa Rita do Sapucaí, o que fez com que, em outubro de 1971, se fundasse o Grupo Escoteiro 32º ASA, o qual ficou conhecido como o Grupo Escoteiro do Chefe Carlinhos Dentista.”

O Grupo Escoteiro ASA tinha uma média de 70 (setenta) integrantes, dos quais: Roberto Brusamolin, Eder, Giacomo Costante, Adriano Paiva, Paulo Henrique Briquete, Virgílio Carneiro, André Augusto Telles, Frederico Cunha Costa, Mauro Cunha Azevedo Neto e outros.O Grupo foi extinto no início dos anos 80, deixando somente saudades.


3. O Terceiro Grupo Escoteiro – 90º G.E. Santarritense

O Escotista José Benedito Dias, que teve uma atuação forte no Grupo Escoteiro ASA, no início dos anos 80 resolveu fundar outro Grupo de Escoteiros em Santa Rita do Sapucaí, o que foi concretizado em 1983, quando se deu a fundação do 90º G.E. Santarrtense, que durou até o início dos anos 90.

Segundo o Chefe José Benedito, o G.E. Santarritense possui um efetivo médio de 80 integrantes, porém, por falta de apoio, o grupo foi extinto.

O Chefe José Benedito também mantinha um Grupo Escoteiro que funcionava no interior da unidade da FEBEM de Santa Rita do Sapucaí, o Grupo Escoteiro Irapuã, o qual foi extinto com o fechamento da FEBEM no município.


4. O Quarto Grupo Escoteiro – 109º G.E. Estrela do Sul

No Início dos anos 90, veio para Santa Rita um ex integrante do 71º Grupo Escoteiro Ludovico Pavoni, da cidade de Pouso Alegre, o Chefe Marcos Fernandes (Xuxa) o qual, com a ajuda do jovem Luciano Carvalho e outros, fundaram o Grupo Escoteiro Estrela do Sul, o qual também fez história na cidade, e permaneceu ativo até o ano de 1994, quando foi extinto devido a problemas internos.

Atuaram efetivamente neste grupo a Escotista Ana Lúcia Bragni, os jovens: Álvaro Braguine Sá, Adriano Silva Santos, Marcelo e Silva, Mário Cleber Rosa, Anderson Rodrigues...


5. O Quinto Grupo Escoteiro – MG 148º G.E. Papa Léguas

No Início dos anos 2000, a Associação de Moradores da Nova Cidade mantinha um projeto esportivo e social denominado “Projeto Papa Léguas”, o qual promovia atividades esportivas, danças e distribuía alimentação ( casa da sopa) para crianças dos bairros Recanto das Margaridas, Marcos Baracat, José Gonçalves Mendes.

Visando criar mais uma ocupação para os jovens dos bairros assistidos pela Associação, os dirigentes: Valdemir Teodoro da Silva (Filé), Walter Luiz Ribeiro e Geraldo Sérgio, começaram a buscar apoio para se fundar um Grupo Escoteiro em Santa Rita do Sapucaí.

Em fevereiro de 2004 foi realizado a primeira reunião para dar início a estruturação do novo grupo, reunião está que contou com a presença do então Sargento Israel Joaquim Ribeiro, João Paulo Sampaio, Andréia Rosa, João Terezo, Jander Abdala, Claudemir Eufrásio, Psicóloga Conceição e outros...

Em 17 de abril de 2004, o então Diretor Distrital Sul de Minas, Luiz Gustavo Fogaroli e seu Assistente Marcelo de Almeida, do 100º G.E. de Poços de Caldas, vieram a Santa Rita do Sapucaí para ministrar a Palestra Informativa sobre o Escotismo.

Em 27 de fevereiro de 2005 foi realizado a fundação oficial do MG 148º Grupo de Escoteiro Papa Léguas, tendo o Senhor Valtemir Teodoro como Diretor Presidente.

O G.E. Papa Léguas funcionava vinculado ao “Projeto Papa Léguas”, porém, em pouco tempo se tornou independente e tornou-se uma entidade de Utilidade Pública, com sede e administração própria...


6. O Sexto Grupo Escoteiro – MG 105º G.E. Fernão Dias

Em 2006 a Senhora Ana Lúcia Braguine e seu Filho Álvaro Braguine Sá chegaram a fundar o MG 105º Grupo Escoteiro Fernão Dias, porém, devido a problemas internos, o grupo foi extinto meses depois de sua fundação...




FRED CUNHA NEWS

Nenhum comentário:

Postar um comentário