segunda-feira, 13 de junho de 2016

EVENTOS DOS ANOS 10 - SHOW "OS SAMBAS DA NOSSA HISTÓRIA" - Santa Rita do Sapucaí - MG


História contada em fotos

        Como parte do movimento Cidade Criativa Cidade Feliz, o show "Os Sambas da Nossa Historia", de iniciativa de Nivaldo Galdino, reuniu foliões que iniciaram as Escolas de Samba em Santa Rita do Sapucaí, marcando uma época dourada e cheia de alegrias.


Os homenageados na ocasião, nomeados como VELHA GUARDA DO SAMBA de Santa Rita do Sapucaí, receberam a placa abaixo, como parte da homenagem
Placa de Homenagem a Velha Guarda do Samba

* Clique nas fotos abaixo para ampliá-las....

Os Homenageados

Professor José Maria
Apoiador, desde muitos anos, do carnaval santa-ritense, onde esteve presente na Escola de Samba "Sol Nascente", desfilando por vários anos. Com o seu inseparável pandeiro, o professor sempre deu uma aula de como é ser um alegre folião.


Mauri Galdino
Um dos fundadores e astro componente da Escola de Samba "Sol Nascente", Mauri esteve, desde sua fundação, à frente da bateria, como Mestre. Com suas paradas marcantes, a bateria sempre alcançou destaque e admiração do povo.




Ernestina Gervásio
     Por muitos anos, desde a fundação da Escola de Samba "Sol Nascente", Ernestina foi uma das estrelas componentes. Descia o morro junto com a escola, levando para a avenida um desfile de cores e emoção. No tempo em que o Carnaval era pura arte, esta estrela brilhava junto com outras tantas que enriqueciam nosso carnaval.



Pirulito
Vocalista e puxador de samba da Escola de Samba "Azul e Branco", o compositor Sebastião "Pirulito" sempre enriqueceu as noites carnavalescas com suas canções marcantes, animadas e contagiantes. Pirulito ainda hoje é referência do samba em Santa Rita do Sapucaí.


D. Tereza Pereira Ribeiro
Uma das fundadoras da Escola de Samba "Azul e Branco", sempre se manteve fiel ao Carnaval Santarritense, acompanhando a construção de cada enredo, de cada trabalho, desde a ideia até a execução do desfile. Por muitos anos tomou a frente do Grêmio Recreativo da Escola de Samba, além de ser uma de suas estrelas principais, colocando na avenida a beleza e o fascínio dos enredos do Azul e Branco.


Ailton Marcelino (Juca) 
Carteiro de profissão, folião por vocação. Um dos fundadores da Escola de Samba "Sol Nascente", era também um de seus astros componentes, compositor dos enredos e grande incentivador da mocidade. Juca, com sua risada característica e seu jeito contagiante, sempre cativou pessoas de todas as idades a desfilarem. O ano todo compunha sambas que, aliado ao seu grande amigo e compadre, o Mauri Galdino, faziam arranjos e cadências para a bateria. Não há quem não conheça o "Menino Juca".


Luiz Carlos Lemos Carneiro (in Memorian)
Idealizador da Escola de Samba Sol Nascente, Luiz Carlos notou que "o morro" da Rua Nova ainda não tinha uma Escola de Samba. Deu uma geladeira para que fosse rifada a fim de levantar fundos para iniciar os trabalhos. Peça fundamental na escola, analisou desde a confecção das fantasias até a forma como os passistas desfilavam na avenida. Enquanto esteve na escola, o brilhantismo foi marca registrada por causa de seu bom gosto e dedicação.





Samuelzinho (in memorian)
Inseparável amigo de todos, foi fundamental no lançamento da Escola de Samba Sol Nascente. Acompanhava os detalhes, os ensaios, envolvia a comunidade e sabia exatamente como atuar na diversão. Era animado, tinha bom humor e mantinha bom relacionamento com todas as pessoas. A Escola de Samba brilhou enquanto Samuelzinho esteve nela.


TUCA
A Escola de Samba Azul e Branco teve o que falar com este integrante. Sempre envolvendo a comunidade, Tuca esteve à frente de nossos carnavais para contribuir com o que tinha de melhor: a sua alegria. Agora, considerado membro da "Velha Guarda do Samba", Tuca está feliz em fazer parte deste movimento dos Sambas da Nossa História.


Sr. Pica  
Representado por seu filho Tonico 
Criador da primeira escola de samba de Santa Rita do Sapucaí "Sambistas do Morro", onde cada 
qual se caracterizava conforme queria, com fantasias à vontade, feitas de pano, papelão, 
improvisados. Com o tradicional batuque que chamava a atenção dos moradores. Sr. Pica inspirou 
muitos para trazer alegria para os próximos anos, onde as escolas de samba nasceriam. Os 
"Sambistas do Morro" marcaram época e impulsionou o surgimento das primeiras Escolas de 
Samba, que são "Sol Nascente" e "Azul e Branco".


José Vitor Roque
Sempre presente no morro, José Vítor esteve à frente do surgimento da Escola de Samba "Sol Nascente", acompanhando cada passo. Considerado hoje um dos integrantes da Velha Guarda do Samba de Santa Rita do Sapucaí.


Os integrantes foram oficialmente nomeados por fazerem a história do Samba em nossa cidade, passando a compor o grupo da Velha Guarda do Samba. A entrega das placas foi feita pelo Vice Prefeito Prof. Wander Wilson Chaves, idealizador do movimento Cidade Criativa Cidade Feliz, no dia 22 de agosto de 2015. Uma pesquisa histórica vem acontecendo desde então para enriquecer o projeto.

Fotos do evento realizado no dia 22 de agosto de 2015
 na praça Santa Rita


Nivaldo Galdino cantando sambas enredos antigos




Ivanira e Hélio, destaques da festa com fantasias do Ride Palhaço.


Ivo e Thainara, Mestre-Sala e Porta-Bandeira mirim da Cidade Criativa Cidade Feliz.


Nivaldo Galdino, animando a noite com sambas que marcaram a nossa história.


Noite animada com festa e alegria, para receber a Velha Guarda do Samba de Santa Rita do Sapucaí.


Nivaldo Galdino e Maria Mel.




Músicos Eric Porto e Washington Luiz acompanhando Nivaldo.


Mestre Serginho regendo a bateria.


Bateria composta por Luiz Paulo, Binha, Jeferson e Jackson.


Entrega das placas aos homenageados 
Nivaldo Galdino - Início das homenagens

 
Presença do Vice-prefeito Wander Wilson Chaves e do Secretário de Cultura José Norberto Dias para a entrega das placas aos homenageados, nomeados VELHA GUARDA DO SAMBA.




Vice-prefeito Wander Wilson Chaves, entregando as placas aos homenageados


Nivaldo Galdino, o Rei Momo Marcelo Carneiro Filho ( Mano) e 
"A Velha Guarda do Samba" juntamente com integrantes atuais das Escolas de Samba da cidade.


Sebastião Pirulito, puxador de samba do Azul e Branco, dando um show em 
enredos compostos por ele.


Confraternização final com os homenageados 




Clique abaixo e veja fotos dos EVENTOS DIVERSOS DOS ANOS 10
EVENTOS DIVERSOS - PARTE 1
VALE MUSIC FESTIVAL -  2013  -  2014  -  2015
FESTIVAL ROCK DE RUA -  PARTE 1  -  PARTE 2  -  PARTE 3  -  PARTE 4



FRED CUNHA NEWS


Um comentário:

  1. Que beleza!!! Isso é pura arte e valorização das nossas raízes. Gostei muito mesmo. Parabéns.

    ResponderExcluir