quarta-feira, 7 de setembro de 2016

TV FRED CUNHA NEWS - SERIADOS DOS ANOS 60 - O VIGILANTE RODOVIÁRIO



                 Inspetor Carlos, interpretado por Carlos Miranda,
                                          e seu cão Lobo
Nº de episódios38 (sendo 3 deles irrecuperáveis)
   O Vigilante Rodoviário retrata as aventuras de um policial rodoviário chamado Inspetor Carlos, que em companhia de seu cachorro Lobo, cuida das rodovias, luta contra o crime e a bandidagem ou simplesmente ajuda as pessoas. A bordo de seu automóvel Simca Chambord ou de sua motocicleta Harley Davidson, cada episódio traz uma eletrizante aventura, um conflito e um final surpreendente.


Vamos relembrar - Episódio 29 - Ladrões de Automóveis


CLIQUE AQUI para mais informações do
SERIADOS DOS ANOS 60 - O VIGILANTE RODOVIÁRIO






    A escolha do automóvel Simca Chambord para o seriado aconteceu no episódio “Ladrões de Automóveis”, ( vídeo acima)  onde a produção alugou uma unidade  e acabaram simpatizando com o carro. Surgiu então a ideia de solicitar mais unidades para a fábrica, a serem usadas no seriado. Como a Simca estava em baixa no mercado naquela época, com poucas vendas e pátios lotados, foi o momento certo para divulgação. Algumas unidades foram cedidas e bastou apenas pintá-las e instalar sirene e transmissor de rádio, este que foi cedido pela empresa Control.


     Já a moto Harley Davidson foi utilizada desde a filmagem do episódio-piloto, pois era a motocicleta usada pelos policiais de fato.

   O comandante da Polícia Rodoviária era interpretado por Washington Coimbra, que na vida real era chefe de pessoal da Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo. Ele foi chamado para atuar no episódio-piloto e acabou participando de quase toda a série.



     Após um tempo de exibição, além de passar a mensagem de que o bem sempre vence o mal, o seriado passou a ter também um caráter institucional. Como no caso do episódio “Mapa Histórico”, onde se mostrou como era preparado um antídoto para picadas de cobras no Instituto Butantan. No episódio “Orquídea Glacial”, retratou-se o funcionamento do Jardim Botânico de São Paulo. Já em “Aventura em Ouro Preto”, viu-se a importância das obras de Aleijadinho.






   Tuca, juntamente com Fominha, Gasolina e Arlindinho, formavam o elenco infantil do seriado, mesmo que suas aparições sejam irregulares. Tuca teve sua primeira aparição no episódio “Bola de Meia”, mesmo que rapidamente. Diante do sucesso que teve com o público, Ary Fernandes escreveu um episódio só para ele, chamado “A Aventura do Tuca”.


    Graças ao patrocínio da Nestlé, foi possível a contratação de atores profissionais para atuar. Alguns já eram consagrados, outros estavam em começo de carreira e, mais tarde, vieram a fazer grande sucesso. Entre eles, Juca Chaves, Etty Fraser, Stênio Garcia, Rosamaria Murtinho, Elísio de Albuquerque, Luiz Guilherme, Geraldo Del Rey, Milton Ribeiro, Fúlvio Stefanini, Lola Brah, Ary Toledo, Amândio Silva Filho, Mário Alimari, Sérgio Hingst, Ary Fontoura, Tony Campello e Lucy Meirelles.



   Carlos Miranda deixaria a carreira de ator três anos mais tarde, para ingressar na Academia de Polícia e se tornar policial rodoviário de verdade, a pedido do então Comandante Geral da Força Pública, General de Exército João Franco Pontes. Depois de 25 anos na Polícia, tendo feito todos os cursos na corporação, Miranda passou para a reserva como Tenente Coronel PM RES em 1998.





FRED CUNHA NEWS

Nenhum comentário:

Postar um comentário